Boas novas: alterações Simples Nacional

Boas novas: alterações Simples Nacional

O Senado Federal aprovou, na ultima terça-feira (21/06/16), a ampliação do limite do faturamento anual para opção do regime simplificado de tributação - SIMPLES NACIONAL, de 3,6 milhões para 4,8 milhões.

Isso dará um fôlego as empresas cujo faturamento beira o limite do desenquadramento, como para outras, a possibilidade de optar pelo novo regime tributário. As mudanças nas regras, tem previsão de entrar em vigor, somente em 2018, mas representa novas perspectivas, diante de um cenário tão negativo. Depende agora, da chancela da Câmara de Deputados.

A proposta amplia o limite de enquadramento do MEI (Micro Empreendedor Individual) de 60 mil reais anual para 72 mil reais de faturamento.

Boas novas para as empresas endividadas, a proposta prevê um parcelamento de até 120 meses, sendo mínimo da parcela de 300,00 reais, para as micros e pequenas empresas, e de 150,00 reais, para as MEI's, ainda para o ano de 2017.

Enquanto nada for definitivo, estamos de olho acompanhando o desenrolar da tramitação da matéria na Câmara de Deputados.

Voltar